quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Embarcação que causou acidentes é retirada na Região Oceânica

Fotos André Redlich, O Fluminense.

Segundo banhistas e pescadores, carcaça de barco adernado na Praia de Itaipu provocou cerca de dez incidentes no último fim de semana. Secretário estadual de Ambiente anuncia obras

Foi retirada no início da manhã de quarta-feira os destroços de uma embarcação que estava adernada na Praia de Itaipu, na Região Oceânica de Niterói, desde agosto do ano passado. Segundo banhistas e pescadores, a carcaça foi responsável por cerca de 10 acidentes no último final de semana.

A operação foi coordenada pela Coordenadoria Integrada de Combate aos Crimes Ambientais (Cicca) em parceria com a Prefeitura de Niterói, Instituto Estadual do Ambiente (Inea), policiais do Comando de Policiamento Ambiental (CPAM), além da Secretaria de Estado do Ambiente, representado pelo próprio secretário Carlos Minc, que aproveitou a ocasião para anunciar o início das obras na Lagoa de Piratininga para o próximo dia 22, além da construção da Reserva Extrativista Marinha em Itaipu para o primeiro semestre deste ano. Também esteve presente na operação o vice-prefeito de Niterói Axel Grael.

De acordo com o coronel José Maurício Padrone, coordenador da Cicca, o dono da embarcação será responsabilizado com todos os custeios da operação, além de sofrer uma ação civil pública da Prefeitura de Niterói por causa dos danos provocados ao meio ambiente.

“Foi uma irresponsabilidade. No último final de semana, os moradores disseram que foram cerca de 10 banhistas e pescadores acidentados. Isso não pode acontecer, até porque a gestão anterior veio cinco vezes e nada fez. Infelizmente entre os banhistas está um rapaz que foi mergulhar e teve um corte profundo na cabeça, recebendo 70 pontos”, lamentou Padrone.

O medo maior dos especialistas do Inea eram os tanques de combustível da embarcação que ainda corria o risco de explosão. Angariados pela empresa Hidroclean Proteção Ambiental, o produto foi retirado e isolado com folhas especiais anti-infláveis.
“Niterói precisa desse cuidado e compromisso. Sabemos que a presença do Carlos Minc é justamente para estreitarmos os laços na cidade, principalmente quando os assuntos são relacionados ao ambiente. Toda a estrutura da operação é fruto de pessoas compromissadas com nossas propostas. Todos os órgãos aqui estão empenhados para a realização desse trabalho. Infelizmente não evitamos os acidentes que aconteceram aqui”. Axel Grael.
Toda a embarcação foi retirada do mar com auxílio de um trator de esteira, e um caminhão foi responsável por levar o material para o aterro sanitário de São Gonçalo. Durante a operação, parte da Praia de Itaipu foi interditada.

Vice-prefeito de Niterói acompanha remoção- O vice-prefeito Axel Grael reiterou que a ação já havia sido prometida aos moradores desde a época da campanha. Em visita ao local, banhistas e pescadores já se mostravam preocupados com os destroços da embarcação, uma vez que a maré cheia cobria todo o barco trazendo risco de acidentes aos banhistas desavisados.

“Niterói precisa desse cuidado e compromisso. Sabemos que a presença do Carlos Minc é justamente para estreitarmos os laços na cidade, principalmente quando os assuntos são relacionados ao ambiente. Toda a estrutura da operação é fruto de pessoas compromissadas com nossas propostas. Todos os órgãos aqui estão empenhados para a realização desse trabalho. Infelizmente não evitamos os acidentes que aconteceram aqui”, disse Axel.

Secretário e Prefeitura anunciam obras - A presença do secretário de Estado Carlos Minc na cidade serviu para reafirmar o compromisso com os projetos da Prefeitura de Niterói na esfera ambiental. Ao lado de Axel Grael, Minc anunciou o início da primeira etapa das obras de dragagem da lagoa de Piratininga para o próximo dia 22.

“O Axel é um amigo de longos anos. Nossa parceria sempre deu certo, e não será diferente agora. Minha visita é justamente para atender aos pedidos dos banhistas e pescadores dessa região que sofriam com esse problema aqui no mar por conta dessas embarcações. Além disso, aproveito a oportunidade para dizer que essas duas propostas anunciadas sairão do papel. Niterói pode comemorar”. Carlos Minc.
Os trabalhos proporcionarão melhorias na estrutura do Canal de Santo Antônio, como nivelamento de comportas e instalação de equipamentos de controle de entrada e saída da água do mar. Além disso, será feita uma dragagem no canal central da Lagoa de Piratininga. Outra novidade anunciada foi o início da construção da Reserva Extrativista Marinha de Itaipu (Resex Itaipu), para o primeiro semestre deste ano.

Os indícios da medida que visam garantir a preservação da biodiversidade local, além da pesca artesanal, já haviam sido sinalizados por Minc desde a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, realizada em junho do ano passado.

“O Axel é um amigo de longos anos. Nossa parceria sempre deu certo, e não será diferente agora. Minha visita é justamente para atender aos pedidos dos banhistas e pescadores dessa região que sofriam com esse problema aqui no mar por conta dessas embarcações. Além disso, aproveito a oportunidade para dizer que essas duas propostas anunciadas sairão do papel. Niterói pode comemorar”, bradou o secretário.

Fonte: O Fluminense

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.