segunda-feira, 20 de maio de 2013

Centro Rio+ inicia operações com acordo para se instalar na capital fluminense


Acordo prevê início das atividades do Centro Rio+ no prédio do Centro de Excelência em Gás Natural (CEGN), da Coppe/UFRJ. Foto: Divulgação/Coppe-UFRJ

No último dia da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), o Brasil anunciou a criação do Centro Mundial para o Desenvolvimento Sustentável (Centro Rio+), em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), outros organismos da ONU, sociedade civil, universidades e o setor privado.

Menos de um ano após a assinatura da carta de intenções para a sua criação, o Centro Rio+ já é uma realidade.

Em uma cerimônia realizada no início do mês, foi assinado o termo de acordo através do qual o Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa em Engenharia (COPPE/UFRJ) colocou oficialmente à disposição do PNUD as instalações para o escritório do Centro Rio+. A cerimônia também marcou o início das operações do Centro, onde a equipe internacional contratada já começou a trabalhar.

De acordo com a carta de intenções, até que sua futura sede seja estabelecida, o Centro Rio+ funcionará provisoriamente nas instalações colocadas à disposição pela COPPE/UFRJ.
O Centro Rio+ vai facilitar a pesquisa, o intercâmbio de conhecimentos e promover o debate internacional sobre o desenvolvimento sustentável. Vai reunir um amplo consórcio internacional de parceiros, composto por agências governamentais, organizações não governamentais, universidades, grupos de reflexão e do setor privado. A iniciativa já conta com o apoio de quase 25 instituições brasileiras e internacionais.

Conheça os detalhes em http://bit.ly/112oplh

Fonte: Nações Unidas no Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.