sábado, 11 de maio de 2013

Novela perto do fim: acesso à Amaral Peixoto sai em julho




Galeria aberta. A primeira fase de escavações do mergulhão da Avenida Marquês de Paraná foi finalizada na semana passada Gustavo Stephan / Gustavo Stephan

Pista será aberta em cima de obra do mergulhão, que deve terminar em outubro
  Em julho, o motorista que sairá de Icaraí em direção ao Centro poderá acessar a Avenida Amaral Peixoto por cima da obra do mergulhão da Avenida Marquês do Paraná. Assim, começará a chegar ao fim uma novela que se arrasta há quatro anos e que virou alvo de muitos protestos.

Na semana passada, quem passou pelo local já pôde perceber que as primeiras escavações do mergulhão terminaram. Segundo comerciantes da área, engenheiros confirmaram a abertura de uma pista por cima do canteiro de obras. A prefeitura não quis se manifestar, mas O GLOBO-Niterói apurou com fontes oficiais que o acesso deverá ser liberado dentro de dois meses.

Com a liberação do tráfego, terá início a segunda fase de escavações. A previsão é que a construção do mergulhão termine no fim de outubro. Dessa forma, aquele que foi um dos principais assuntos da última campanha eleitoral começa a deixar de ser um problema que, para muitos, parecia sem fim.

De solução para a chegada e saída de Niterói, o mergulhão da Marquês do Paraná virou uma das grandes dores de cabeça da última administração municipal. O prefeito Rodrigo Neves atacou duramente o antigo governo, chegando a falar que as estruturas de ferro e concreto colocadas pela gestão anterior corriam o risco de desabar.

O mergulhão é apontado com uma das soluções viárias para o caótico trânsito de Niterói. Depois de concluído, o motorista que sairá da Avenida do Contorno e da Ponte Rio-Niterói pela Avenida Jansen de Melo não precisará mais passar pelo Centro para acessar a Avenida Roberto Silveira e a Rua Miguel de Frias, principais vias de ligação com a Zona Sul.


Fonte: O Globo Niterói

2 comentários:

  1. Olá Axel,já havia postado isso pro nosso Prefeito e repasso para você . " “Para empreender é preciso uma capacidade infinita de visionar. Empreender é inovar, identificar ineficiências, fazer o melhor e com menor custo. E isso tudo sempre com muita disciplina e dedicação”, Eike Batista. É isso ai visão e atitude , percepção e ação .

    ResponderExcluir

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.