segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

DEFESA CIVIL: Prefeitura define procedimentos para atuar em emergências de deslizamentos de encostas e alagamentos




Dirigentes da Prefeitura de Niterói reuniram-se hoje para debater os últimos detalhes do Sistema Municipal de Proteção e Defesa Civil.

Niterói possui agora um planejamento detalhado sobre os procedimentos de mobilização para o enfrentamento de situações de emergência causadas por chuvas, como deslizamento de encostas e inundações.

Conforme demonstramos, a cidade hoje está muito melhor preparada para enfrentar contingências climáticas do que no início de 2013. Naquela ocasião, não havia qualquer recursos para o monitoramento e para gerir as situações de emergência. Hoje, a cidade está muito melhor equipada, contando com:
  • 1 estação meteorológica: implantada em 2013 no Parque das Águas, Centro de Niterói.
  • 33 plataformas, sendo 10 com sirenes e pluviômetro e 23 apenas com sirenes. Os equipamentos estão em fase final de instalação.
  • 17 pluviômetros: 10 já gerando dados.
 
Pluviômetro instalado na Região Oceânica.
Sirene instalada na Rua Gerônimo Afonso. Foto Axel Grael.


Além dos equipamentos acima descritos, contamos com informações disponibilizadas pelo Centro de Operações do Rio de Janeiro (radar meteorológico) e do Sistema de Alerta de Cheias do INEA, que possui uma rede de estações para o monitoramento hidrometeorológico. A rede do INEA possui duas estações em Niterói: estação pluviométrica no Batalhão de Polícia Rodoviária (Fonseca) e estação hidrológica da Engenhoca, que mede a vazão do Rio Engenhoca.

Na reunião, foram apresentados e debatidos os seguintes planejamentos:
  • Protocolo de alerta e acionamento de sirenes para o Município de Niterói, produzido em parceria com a Defesa Civil do RJ e o CEMADEN-RJ.
  • Protocolo de atuação da Defesa Civil para os casos de Deslizamento e Alagamento: estabelecendo os procedimentos para a tomada de decisão para estes casos.
  • Matriz de Atividades x Responsabilidades: estabelecendo a atuação de cada órgão do governo numa situação de emergência
  • Capacidade Operacional dos Órgãos: estabelecendo os recursos que cada órgão pode oferecer para o atendimento da situação de emergência e a identificação das suas carências.
Além das providências acima, a Prefeitura de Niterói já implantou 12 NUDEC - Núcleos de Defesa Civil, composto por voluntários das comunidades que são capacitados para atuar nas situações de emergência e na prevenção de desastres.

Vale ressaltar que o principal foco da Prefeitura no momento é aperfeiçoar os mecanismos de alerta climático para que os setores da Prefeitura responsáveis pela prestação de serviços preventivos, principalmente os de prevenção de alagamentos, possam ser mobilizados com o máximo de antecedência.

Desta forma, órgãos como a SECONSER - Secretaria de Conservação e Serviços Públicos, a CLIN e outros possam se antecipar e proceder a limpeza de bueiros, retirada de lixo etc., evitando maiores danos.


Boletim Meteorológico emitido diariamente pela Defesa Civil.


Hoje, meteorologistas da Defesa Civil de Niterói emitem Boletins Meteorológicos Diários e têm capacidade para emitir previsões de chuvas fortes com 48 horas de antecedência. Além disso, é mantido um acompanhamento meteorológico diário e, em caso de previsão de chuvas intensas, órgãos da Prefeitura são informados.

Axel Grael
Vice-Prefeito


-------------------------------------------
Saiba mais sobre o trabalho da Defesa Civil de Niterói em:

Geral sobre o trabalho da DEFESA CIVIL DE NITERÓI
Defesa Civil de Niterói: trabalho em várias frentes para fazer de Niterói uma cidade mais segura

Sirenes
Prefeitura e governo estadual começam instalar sirenes que vão alertar população de áreas de risco sobre perigo de deslizamento
Começa a implantação de sirenes de alerta em Niterói
Defesa Civil instala sirenes de alerta em 25 comunidades
Sistema de alerta e sirenes começa a ser implantado em Niterói a partir do dia 15 de setembro
SIRENES - Defesa Civil faz mais um treinamento para as comunidades que terão os sistemas de emergência

Pluviômetros
Município de Niterói recebe primeiros pluviômetros automáticos

Estação Meteorológica
Niterói ganha sua primeira estação meteorológica

Mapeamento de áreas de risco
Prefeitura de Niterói e DRM discutem gestão de encostas de Niterói
DRM e Prefeitura de Niterói promovem Oficina Técnica "Cartografia Geotécnica de Aptidão Urbana"

Vistoria em áreas de risco
Vistoria na comunidade da Boa Vista, Niterói
Vistoria para verificar situações de risco nas encostas de Jurujuba, Niterói

Enchentes
Gestão dos rios de Niterói: a emergência e o "passo a frente"

Contenção de encostas
Prefeitura prepara ‘Pacotão’ de obras para Niterói
Prefeitura iniciará obras de contenção de encostas no Viçoso Jardim e Morro do Holofote
Verba para contenção de encostas em Niterói

Implantação de parques e outras áreas protegidas
Prefeitura de Niterói anuncia PARNIT: áreas de interesse ambiental serão protegidas

Habitação
Prefeito Rodrigo Neves lança programa "Morar Melhor", que vai construir 5 mil moradias em Niterói até 2016

NUDEC´s
Morro do Boa Vista recebe o quinto Núcleo Comunitário de Defesa Civil (Nudec) de Niterói
Defesa Civil de Niterói realiza aula prática com voluntários no Cavalão

Treinamento
Defesa Civil de Niterói promove simulação de emergência em três escolas públicas
I Seminário da Defesa Civil de Niterói reforçou parcerias




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.