quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Mudanças na Marechal Deodoro para trazer maior fluidez ao trânsito


Segundo a NitTrans, já era proibido estacionar do lado direito e a medida foi criada para dar mais fluidez ao trânsito. Foto: Maurício Gil

Rafael Lopes

Carros estão proibidos de estacionar na via, a partir de hoje. Veículos poderão parar em outras ruas, como a Coronel Gomes Machado. Medida foi tomada para dar fluidez ao trânsito

Começa hoje a proibição de estacionamento na Rua Marechal Deodoro, do lado esquerdo de circulação, no trecho compreendido entre as Ruas Barão do Amazonas e Visconde de Sepetiba. De acordo com a Niterói Transporte e Trânsito (NitTrans), a medida foi tomada para dar maior fluidez ao trânsito.

E, por um outro lado, atendendo a um pedido feito por moradores, a NitTrans liberou a parada de veículos nas Ruas Coronel Gomes Machado, entre as Ruas Visconde de Sepetiba e Marquês de Olinda. Além do fim da restrição na Rua Evaristo da Veiga, no trecho entre a Rua Coronel Gomes Machado e a Avenida Ernani do Amaral Peixoto.

A portaria que altera o fluxo do trânsito nessas vias foi divulgada ontem, mas a NitTrans pediu o adiamento da implementação da medida, para que os comerciantes, moradores e visitantes pudessem se adaptar à novidade. Porém, nenhuma placa de sinalização foi encontrada nos locais.

Para orientar os motoristas, hoje durante todo o dia de, agentes de trânsito estarão distribuídos nos trechos citados. Em outros pontos irá acontecer a distribuição de panfletos. O presidente da NitTrans, Paulo Afonso, espera que toda a sinalização esteja pronta no início da manhã de hoje para que o dia transcorra sem maiores transtornos.

“Na Rua Marechal Deodoro já era proibido estacionar do lado direito. Para uma maior fluidez na via, agora foi proibido o estacionamento do lado esquerdo. No trecho entre a Rua Visconde de Sepetiba e Barão do Amazonas os congestionamentos eram constantes e sem o estacionamento ganha-se mais uma faixa”, explica o coronel.

Pegos de surpresa, os motoristas desconheciam a medida e confessaram surpresa diante da novidade. O aposentado Antônio Cerqueira, de 54 anos, saiu da Ponta da Areia para fazer compra em uma loja de lustres da região. Sem saber que o trecho em que estava estacionando será vetado ao estacionamento, disse não confiar que a medida mude o atual quadro do trânsito da cidade.

“Prefiro esperar e sentir o que realmente vai mudar antes de opinar sobre isso. É claro que sempre esperamos o melhor para Niterói, mas do jeito que andam as ruas, não sei. Os engarrafamentos são constantes”, reclamou.

Os comerciantes da Rua Marechal Deodoro acreditam que com o trecho sem estacionamento as vendas podem cair. Um funcionário de uma loja, que preferiu não se identificar, acredita que muitos clientes irão preferir procurar outro estabelecimento a ficar procurando por vagas.

“Pode ser que isso cause uma queda nas vendas, mas vamos esperar que tudo termine bem”, falou lembrando que há um estacionamento particular na esquina.

Multa – Quem descumprir a determinação, a infração irá gerar multa de R$ 85,13, perda de quatro pontos na carteira e remoção segundo o art.181, inciso 18, do Código de Trânsito Brasileiro. 

Fonte: O Fluminense



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.