quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Inaugurado centro social do Morro do Céu, no Caramujo, em Niterói


Rodrigo Neves disse que é preciso promover iniciativas coletivas em todo o município, sobretudo nessa região .Foto: Júlio Silva

Local também abrigará o Telecentro, que vai ter internet e aulas de informática. Foto: Júlio Silva


Vanessa Lima

Espaço, localizado na Rua da Horta, vai oferecer aos moradores oficinas gratuitas de artesanato, aulas de dança, além de práticas esportivas, como basquete e capoeira

A Prefeitura de Niterói reinaugurou na manhã de ontem o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) e inaugurou o novo Telecentro do Morro do Céu, no Caramujo. O espaço, localizado na Rua da Horta, irá oferecer uma série de atividades esportivas, culturais e educativas para os estudantes da rede pública de ensino e moradores da comunidade. O objetivo da ação de caráter pedagógico é ampliar o acesso à cidadania na região por meio de inclusão social.

A abertura do local faz parte de uma das demandas solicitadas pela população através da Prefeitura Móvel, instalada no bairro em junho deste ano. Mediante aos pedidos dos habitantes, o órgão executivo realizou um planejamento de ações integradas em parceria com as secretarias de Esportes, Cultura e Educação, para reforma da área e implantação de um projeto de estímulo para o desenvolvimento da região.

Para garantir o conforto dos estudantes foram promovidas melhorias em infraestrutura no CRAS, que consistem na reforma das salas de aula, recuperação da quadra esportiva, pintura de todo o espaço e recuperação de pisos e paredes. O trabalho desempenhado pelo Centro de Referência será baseado em apoio ao adolescente e à mulher por meio de aulas de artesanato, dança, música em geral e instruções de convivência. O telecentro irá oferecer serviços relacionados ao setor de informática, onde os alunos terão acesso às aulas de informática básica, curso de programação e internet gratuita.

“Para obtermos êxito no trabalho é preciso promover iniciativas coletivas em todo o município, sobretudo nessa região que possui um dos menores Índices de Desenvolvimento Humano de Niterói. Por isso, o governo enxergou a necessidade de investimento em políticas educacionais com foco na qualificação, inclusão produtiva e políticas sociais para mudarmos esses indicadores decrescentes” ressaltou Rodrigo Neves.

Planejamento – A estratégia para a efetivação da iniciativa socioeducativa foi elaborada através da análise do local, que apontou a ociosidade da população jovem. A implantação do projeto faz parte de uma política que tem como objetivo distanciar o cidadão da violência e aproximar do ambiente pedagógico. De acordo com a secretária municipal de Educação, Ciência e Tecnologia, Flávia Monteiro, o plano de atividades desenvolvido no local faz parte de um conjunto de esferas que visam ampliar o progresso da cidade com base na educação.

“Todo equipamento instalado neste local favorece a sociedade, garantindo o crescimento do âmbito tecnológico e educacional, por isso oferecemos cursos e oficinas profissionalizantes. Estamos abrindo inúmeras portas de oportunidades para que o indivíduo eleve sua qualidade de vida. Essa estratégia nos permite crer que a inserção do cidadão no ambiente educacional é um mecanismo que garante o desenvolvimento em grande escala da cidade como um todo,” assegurou.

Além dos serviços voltados para as áreas profissionalizantes e virtuais, o ambiente também irá beneficiar os moradores com atividades esportivas. A quadra passou por adaptações e será utilizada para as aulas de basquete, futebol, badminton e capoeira.

“Qualquer manifestação de arte, esporte e cultura é válida, pois integra a sociedade de forma saudável e valoriza toda a região. A reforma do espaço abre a possibilidade de mudança em toda a comunidade que carece de iniciativas públicas,” afirmou o secretário de Esportes, Bruno Souza.

O evento contou com a participação do vice-prefeito de Niterói, Axel Grael, dos secretários de Assistência Social e Direitos Humanos, Bira Marques, e de Participação Social, Anderson Rodrigues, do presidente da Fundação Municipal de Educação, José Henrique Antunes, e outras autoridades.

Fonte: O Fluminense


-------------------------------------------------------

LEIA TAMBÉM:
Morro do Céu ganha Telecentro, novo centro social e tem rua principal recuperada




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.