segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Operação Verão começa dia 9 na orla de Niterói


Ambulantes cadastrados ganharão identificação e não terão material recolhido. Foto: Douglas Macedo


Anderson Justino

Operação promete intensificar o combate às irregularidades no comércio de ambulantes e estacionamentos nas praias. Ambulantes serão cadastrados pela Prefeitura

Começa no dia 9 a Operação Verão, que promete intensificar ainda mais o combate às irregularidades no comércio de ambulantes e estacionamentos nas praias da Zona Sul e Região Oceânica de Niterói. É o que afirma o secretário municipal de Ordem Pública, Marcus Jardim, que quer garantir que os banhistas curtam tranquilamente seu lugar ao sol. Para que isso aconteça, Jardim antecipou que irá contar com aumento no efetivo de 75 novos agentes da Guarda Municipal, já na primeira quinzena de novembro. Além disso, o patrulhamento nas areias será feito por quatro quadriciclos, que serão entregues ainda este mês. Os vendedores das areias também terão que se ajustar. Será preciso fazer uma cadastro para trabalhar a partir do dia 20.

O secretário garantiu, ainda, que a operação prevista para terminar depois do carnaval terá o apoio de diversos órgãos municipais, como as secretarias de Postura, Meio Ambiente, Conservação, Serviço e Urbanização, Desenvolvimento Econômico, Fazenda, Esporte e Lazer, além da Niterói Empresa de Lazer Turismo (Neltur), Niterói Transportes e Trânsito (NitTrans), Companhia de Limpeza de Niterói (Clin) e Procuradoria Geral do Município.

“Nosso objetivo é realizar uma ação conjunta. Mostrar aos frequentadores das praias de Niterói que iremos realizar um trabalho para trazer muito mais tranquilidade para eles. Faremos um trabalho muito mais intensificado na operação deste ano”, garantiu Jardim, adiantando que pretende regularizar o trabalho de ambulantes nas areias das praias de Niterói.

“A Secretaria de Ordem Pública fará um trabalho de cadastramento dos ambulantes que pretendem trabalhar nas praias da cidade neste período de verão. Além de dar tranquilidade aos banhistas e comerciantes, queremos que esses trabalhadores se sintam respaldados, já que eles terão uma identificação e poderão circular sem se sentir ameaçados pela Guarda. Todos serão orientados como devem se enquadrar para trabalhar no atendimento ao público. Além do cadastro, eles passarão a ser microempreendedores”, disse.

Segundo o secretário, o cadastramento dos trabalhadores ambulantes será realizado de 20 a 31 deste mês, na sede da Secretaria de Ordem Pública, que fica na Rua Coronel Miranda, no bairro Ponta da Areia, entre 10h e 16h.

Estacionamento – Marcus Jardim adiantou que os estacionamentos, um dos principais alvos de reclamação no período de grande movimentação nas praias do município, serão fiscalizados pela Promotoria de Niterói.

“A Promotoria terá um papel muito importante neste período da Operação Verão. Faremos um trabalho de fiscalização nesses terrenos que são explorados de forma inadequada e transformados em estacionamentos. Além disso, a Prefeitura está estudando, junto com a NitTrans, uma forma de ampliar alguns locais que são usados como estacionamentos. Principalmente na Praia de Itaipu, onde o espaço será ampliando para garantir mais comodidade aos frequentadores”, garantiu ele, lembrando que desde o último verão, a Praia de Camboinha conta com dois novos estacionamentos para os banhistas.

Alimentação – Com o apoio da Vigilância Sanitária, Jardim afirmou que pretende fiscalizar o comércio de alimentos vendidos nas praias.

“Quem vai à praia quer tranquilidade e não ter preocupação com a alimentação. O trabalho da Vigilância Sanitária será muito importante durante este período. Não iremos fiscalizar apenas os alimentos dos ambulantes, mas também dos comerciantes que atuam na orla”, conta.

Apoio – A notícia da continuidade da Operação Verão ganhou o apoio dos frequentadores das praias de Niterói e de ambulantes. Demervil Maximiano, de 65 anos, apoia a ideia de trabalhar sem a preocupação de ter sua mercadoria apreendida.

“Eu trabalho na praia de Itaipu desde 1975, nunca tivemos um tratamento como esse. Fico muito feliz em saber que poderemos trabalhar sem qualquer tipo de preocupação”.

Já o comerciante Nicolas Ramos, frequentador assíduo da Praia de Itaipu, disse que o trabalho de fiscalização realizado desde o ano passado tem agradado aos banhistas.

“Esse trabalho feito desde o ano passado tem que continuar por muito mais tempo. Niterói nunca teve este tipo de fiscalização. Durante anos nossas praias ficaram abandonadas e agora podemos ver o valor que está sendo dado”.

Há mais de 30 anos trabalhando em Itaipu, o empresário e presidente da Associação de Comerciantes de Itaipu, Jorge Bellas, conhecido popularmente como Jorginho, adiantou que todos os comerciantes daquela região estão satisfeitos com a Operação Verão.

“O importante é que todos devemos estar corretamente regularizados. Sabemos de nossas obrigações e nossos deveres e esse trabalho feito durante o verão é de extrema importância não só para os banhistas, mas também para comerciantes e ambulantes”.

Fonte: O Fluminense



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.