terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

MOBILIDADE EM NITERÓI - Prefeitura de Niterói e Estado anunciam iniciativas conjuntas e novas medidas para melhorar mobilidade urbana




Corredor exclusivo para ônibus na ponte, novas linhas da Região Oceânica para Charitas, que será ampliada, e ligação direta de São Gonçalo para a Região Lagos são algumas das ações

O prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, e o secretário estadual de Transportes, Carlos Roberto Osório, reuniram-se na manhã desta terça-feira (3/2) e estruturaram uma agenda de trabalho com uma série de medidas para melhorar o transporte público na Região Metropolitana fluminense.

Corredor exclusivo na Ponte

Na próxima semana, Neves e Osório irão a Brasília se reunir com representantes da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para tratar da licitação da Ponte Rio-Niterói. Um dos pontos que será enfatizado será a criação de um corredor exclusivo para o transporte público na via. Além disso, os dois vão discutir a implantação de uma alça direta ligando a ponte à Linha Vermelha, no sentido Rio, e a construção de um mergulhão na Praça Renascença, para facilitar o acesso de Niterói à Ponte.

O prefeito e o secretário falarão também na ANTT sobre a obra de duplicação da Avenida do Contorno e a necessidade de sua conclusão no primeiro semestre deste ano.

Desconcentração do trânsito no Centro de Niterói

No encontro foi anunciada a criação de linhas intermunicipais diretas do Terminal de Alcântara para a Região dos Lagos. A medida começa valer a partir do dia 11 de fevereiro e vai até o dia 23 e o objetivo é desafogar o trânsito no Centro de Niterói, na Alameda São Boaventura e o movimento na Rodoviária de Niterói durante o Carnaval.

A mesma medida será adotada no Rio e na Baixada Fluminense, onde linhas diretas para destinos turísticos do Estado (Regiões dos Lagos e Serrana) serão implantadas nos terminais de Campo Grande (Zona Oeste da capital), Nilópolis e Nova Iguaçu. Assim, os ônibus utilizarão o Arco Metropolitano para alcançar a BR-101 Norte, evitando circular pela Avenida Brasil e pela Ponte Rio-Niterói. 

De acordo com Osório, há possibilidade desta medida ser adotada em outros feriados, como Semana Santa, Natal e réveillon, tornando as linhas intermunicipais permanentes.

Novas linhas de ônibus em Niterói e Barcas

Outro ponto debatido na reunião foi a melhoria do acesso à estação das barcas de Charitas. O prefeito Rodrigo Neves publica nesta quarta-feira (4/2) um decreto criando duas novas linhas, a 38-B (Itaipu-Charitas) e a 39-B (Piratininga-Charitas) ligando a Região Oceânica à estação hidroviária, passando por Pendotiba.

Para atender o crescimento da demanda de passageiros, Neves e Osório informaram que prefeitura, estado e a CCR realizarão um trabalho de requalificação da estação de Charitas, triplicando sua capacidade. O objetivo é finalizar as intervenções ao mesmo tempo em que a TransOceânica for implantada.

Ainda sobre as barcas, Osório revelou negociações com a Prefeitura do Rio de Janeiro para a implantação de linhas de ônibus com ar-condicionado em um terminal ao lado da estação hidroviária da Praça 15 para transportar os niteroienses que chegam de barca para a zona sul da capital.

Bicicletas públicas

A agenda de trabalho inclui também o projeto de implantação de um sistema de aluguel de bicicletas para Niterói, nos mesmos moldes do que foi adotado no Rio de Janeiro. A Secretaria Estadual de Transportes vai colaborar com Niterói para a atração de investidores para o sistema.

BRT

No mesmo encontro Osório revelou que está em estudos a implantação de um BRT na RJ-104 (Rodovia Niterói-Manilha) com o objetivo de reduzir o fluxo de ônibus de eixos saturados da cidade.

TransOceânica e Estação Hidroviária de Charitas

O prefeito Rodrigo Neves destacou que a reunião segue a lógica da atual administração de promover a integração federativa e a união entre os três níveis de governo para enfrentar os problemas vividos pelas cidades.

"Tivemos muitos avanços na mobilidade urbana da cidade neste primeiro biênio, como a abertura do mergulhão, a implantação das faixas reversíveis, a estruturação do projeto da TransOceânica que já teve sua ordem de início assinada. E estruturamos um plano de trabalho com a Secretaria de Transportes do Estado para o próximo biênio, com ações de curto e médio prazo, cujo principal objetivo é a melhoria da performance do transporte público. Essa reunião foi muito positiva", disse.

Carlos Roberto Osório afirmou que o trabalho de parceria com os municípios é de fundamental importância.

"Nossa visão de trabalho é a da parceria. O governo só será bem-sucedido se os municípios também forem. Estamos fazendo investimentos importantes nas barcas, com a aquisição de novas embarcações e vamos requalificar a estação de Charitas. Nosso objetivo é criar novas conexões, principalmente no transporte de massa, para aliviar eixos rodoviários como a Ponte Rio-Niterói. Estamos implantando linhas intermunicipais diretas para a Região dos Lagos em quatro terminais na Região Metropolitana que vai desafogar o trânsito em Niterói e São Gonçalo, diminuir o fluxo na ponte e na Avenida Brasil e facilitar a vida dos passageiros. Isso vai fazer a diferença", destacou.

 Fonte: Prefeitura de Niterói





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.