segunda-feira, 2 de março de 2015

Prefeitura de Niterói e governo federal lançam programa NutriSUS






Município será o primeiro do Estado do Rio de Janeiro a participar da estratégia

02/03/2015 - A Prefeitura de Niterói e os ministérios da Saúde, e do Desenvolvimento Social e Combate à Fome lançaram nesta segunda-feira (2/3) o Programa Nacional de Estratégia de Fortificação da Alimentação Infantil, o NutriSUS, na Unidade Municipal de Educação Infantil Professora Odete Rosa da Mota (UMEI), em Itaipú, na Região Oceânica da cidade.

O município de Niterói é o primeiro do Estado do Rio de Janeiro a participar da estratégia, uma parceria das secretarias municipais de Saúde e Educação, que atenderá crianças de seis a 36 meses de idade, matriculadas em Unidades Municipais de Educação Infantil.

O NutriSUS tem como objetivo potencializar o desenvolvimento infantil, a prevenção e o controle das deficiências nutricionais a partir da adição diária de sachês de vitaminas e minerais na alimentação de crianças. Cada sachê é composto de 15 micronutrientes adicionado uma vez ao dia à comida do aluno.

O prefeito de Niterói destacou a importância do programa e que a implantação dele só foi possível graças a união entre os governos municipal, estadual e federal.

“A integração federativa dos três níveis do governo nos permitiu que em pouco tempo iniciássemos obras na Saúde, ampliação da cobertura do Médico de Família, avanços com políticas de distribuição de renda, expansão da educação infantil, entre outros. O NutriSUS também reflete essa visão com abordagem multidisciplinar e intersetorial. Esse programa terá muito êxito no sentido de consolidar nosso país como um pais livre do mapa da fome , como recentemente a ONU evidenciou”, declarou.

Segundo a ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, o programa já atinge mais de 300 mil crianças do país. “O NutriSUS já está acontecendo, é uma ação concreta, onde complementamos e suplementamos a alimentação de nossas crianças para melhorarmos cada vez mais a condição nutricional delas. O programa está em muitas regiões do Brasil e a parceria do governo federal com Niterói beneficia as crianças do município a se desenvolver e hoje podemos dizer que já nasceu a primeira geração do Brasil livre da fome e que está na escola”, afirmou Tereza.

O ministro Arthur Chioro falou sobre os benefícios do programa. “Temos o desafio de enfrentar o dilema da fome e para garantir o desenvolvimento pleno da infância era fundamental um programa como NutriSUS de fortificação da alimentação infantil com nutrientes e que garante uma alimentação saudável. O projeto permite uma redução de 38% dos casos de anemia e 20% dos casos de deficiência de ferro. Os micronutrientes garantem o que uma criança precisa para um bom desenvolvimento e assim elas terão menos internação, menos óbito infantil, obesidade, desnutrição, entre outros”, afirmou.

Silvia Pimentel, 32 anos, mãe de Luana, de seis meses, aluna da UMEI elogiou o programa. "Achei esse suplemento uma iniciativa muito positiva da escola e do governo e também a forma como ele está sendo dado às crianças, junto com a refeição e com autorização dos pais. Espero agora, que mais alunos e mais escolas possam receber esse programa, porque a gente sabe o quanto é importante uma alimentação completa e balanceada para o desenvolvimento das crianças", disse

Fonte: Prefeitura de Niterói





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.