terça-feira, 31 de março de 2015

Reunião do GGIM: Polícias Civil e Militar receberão reforço em Niterói




Durante encontro entre prefeito e representantes dos órgãos de segurança, foram anunciadas a integração do sistema da PRF ao Cisp e presença efetiva da Polícia Civil no Centro Integrado

30/03/2015 - Representantes da Prefeitura de Niterói, das polícias Civil, Militar, Rodoviária Federal e Corpo de Bombeiros participaram na manhã desta segunda-feira (30/3) da reunião do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM).

Durante o encontro, foram tratados diversos temas. Entre eles, o reforço de 100 policiais que o 12º BPM vai receber em abril, a futura mudança da base operacional da PRF (Polícia Rodoviária Federal) para um local mais estratégico na entrada da cidade, o aumento do efetivo da Polícia Civil no município, a incorporação de 75 novos guardas municipais, a definição da localização do sistema de monitoramento do Cisp (Centro Integrado de Segurança Pública) com a participação de vários órgãos da segurança pública, além da integração da PRF ao sistema do Cisp.

Niterói terá "o reforço de 100 policiais que o 12º BPM em abril, a mudança da base operacional da PRF (Polícia Rodoviária Federal) para um local mais estratégico na entrada da cidade, o aumento do efetivo da Polícia Civil no município e a incorporação de 75 novos guardas municipais, ..."


Foi destacada também na reunião a redução dos índices de homicídios na região da Delegacia de Homicídios que compreende Niterói, São Gonçalo e Itaboraí. De 2014 para 2013, foram menos 40 crimes. E no primeiro trimestre deste ano em relação a 2014, a queda já é de 35%.

O prefeito da cidade destacou a importância da reunião e deste trabalho de integração com os órgãos de segurança .

"O GGIM foi criado em 2013. Neste período, a integração entre as forças de segurança pública foi reforçada com o desenvolvimento de várias operações em várias frentes que tiveram êxito. A atribuição constitucional da segurança pública é do Estado. Entretanto os municípios podem cooperar e cobrar. Isso que temos feito em Niterói. Acredito que essa cooperação e integração que estamos promovendo com as forças de segurança e com o Estado vão produzir cada vez mais melhores resultados", declarou.

O chefe do 4º Departamento de Polícia de Área, que compreende Niterói, São Gonçalo e Região dos Lagos), delegado Sérgio Caldas, disse que a Polícia Civil terá participação efetiva no Cisp e destacou sobre outros pontos da reunião do GGIM.

De 2014 para 2013, foram menos 40 crimes. E no primeiro trimestre deste ano em relação a 2014, a queda já é de 35%.


"A Polícia Civil terá participação efetiva dentro do Cisp, inclusive com um plantão. Vamos ter uma maior integração com os órgãos municipais, da Seop com as delegacias e o batalhão. Debatemos nesta reunião, os progressos obtidos na área de segurança pública, neste último trimestre a elevação do número de inquéritos relatados, de mandados de prisão obtidos. Esse trabalho de integração é fundamental. Os municípios assumem a vertente desta responsabilidade, colabora com as polícias, agrega valor e melhora a qualidade da segurança pública", opinou.

O chefe de operações em exercício da PRF na Ponte Rio-Niterói, Luciano Bezerra, afirmou que Niterói dará avanços importantes de tecnologia na área de segurança pública.

"Essa reunião foi muito proveitosa. É impressionante a evolução que Niterói dará na área de tecnologia. Vamos integrar o nosso sistema de inteligência que verifica as placas dos veículos com as câmeras de monitoramento de Niterói. A segurança está no caminho certo",disse.

O comandante do 12º BPM, tenente-coronel Gílson Chagas, destacou a parceria com a Prefeitura.

"A parceria entre a Prefeitura e os órgãos de segurança pública é impar. E quem ganha com isso é a população. Essa integração é excelente e ajuda a melhorar a segurança pública. A PM vai receber reforço no efetivo e a Prefeitura vai construir uma sede definitiva para a base policial instalada no Caramujo", explicou.

O secretário municipal de Ordem Pública, Marcus Jardim, disse que Niterói vive um momento histórico.

"Niterói vive um momento especial. Pela primeira vez um prefeito está a frente juntando esforços, preocupado e trabalhando pelas questões de segurança na cidade. A reunião de hoje foi um marco.Todos os parceiros envolvidos e reunidos para fortalecermos esse trabalho que será de extrema importância para a cidade. Vamos unir as forças municipais e estaduais cada um cumprindo o seu papel junto com a Seop e nossos guardas municipais e seremos referência para o Brasil, com certeza", analisou.

Fonte: Prefeitura de Niterói









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.