quarta-feira, 1 de abril de 2015

Banco de dados Geográficos do Exército disponibiliza novas funcionalidades




Izabela Prates

A ferramenta de disseminação dos dados geoespaciais matriciais e vetoriais produzidos pelaDiretoria de Serviço Geográfico (DSG) é o Banco de Dados Geográficos do Exército (BDGEx), que atualmente possui mais de 12.000 produtos para visualização, análise ou download, com seus metadados. Dentre esses produtos, destacam-se os produzidos pelo Projeto“Radiografia da Amazônia”. São as cartas topográficas, ortoimagens coloridas, modelos digitais de superfície e do terreno, modelos de estratificação vegetal e dados geoespaciais vetoriais, produzidos a partir de imagens de radares de abertura sintética (SAR).

O BDGEx é o nó do Exército na Infraestrutura Nacional de Dados Espaciais (INDE), e possui entre suas principais características: o suporte a diferentes formatos de dados, consulta a metadados, navegação visual, downloads, e compatibilidade com os padrões de serviços web do Open Geospatial Consortium (OGC).

Recentemente, com o objetivo de melhorar os serviços disponibilizados aos usuários, foram implementadas as seguintes novas funcionalidades e melhorias no BDGEx:
  • Filtragem na busca por metadados utilizando polígonos desenhados;
  • Na consulta por navegação, foi incluído atalho para os metadados dos produtos e também um mini-mapa;
  • Na consulta por metadados, foi incluído mapa de referência com a posição do produto no Brasil ;
  • Formulários de metadados reformulados; e
  • Melhorias de performance na visualização de algumas camadas (LandSat7, Carta Topográfica Matricial 1:250.000, Mapa mundi, Estados e Municípios).
Para um futuro próximo, existe a perspectiva de disponibilização de imagens RapidEye® de todo o Território Nacional, a fim de compor mais uma camada no BDGEx. Além disso, estão em trabalho as seguintes novas funcionalidades, que serão disponibilizadas para os usuários:

  • Filtragem na busca por metadados por meio do carregamento de arquivo vetorial (kmz, shp, etc.);
  • Criação de um sistema que permitirá ao usuário salvar o estado da consulta por navegação em uma URL e recuperar este estado ao acessar a mesma URL
  • Permissão para inserção do formato “Graus-minutos-segundos” na consulta por navegação;
  • Palavras-chave para os metadados das Cartas Topográficas Vetoriais à partir de informações geográficas contidas no próprio produto;
  • Melhoria no sistema de busca da consulta por metadados.
A implementação de novas funcionalidades no BDGEx é uma diretriz da DSG, visando atender melhor o aumento expressivo no número de usuários e downloads. Em 2014 foram realizados 65.000 downloads e o BDGEx tem atualmente 8.800 usuários cadastrados.

“Tudo acontece em algum lugar (no terreno) !!”


Fonte original: DSG

Fonte: MundoGEO






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.