terça-feira, 21 de abril de 2015

Prefeitura de Niterói inaugura dia 29 a Unidade Básica de Saúde do Caramujo




Unidade de saúde está sendo reformada e ampliada para atender a comunidade e o seu entorno. Meta é chegar a 100% de cobertura do público-alvo até 2016

A Prefeitura de Niterói inaugura, no próximo dia 29, as obras de reforma e ampliação da Unidade Básica de Saúde do Caramujo. As intervenções fazem parte do programa Mais Saúde para qualificar e ampliar a atenção básica nas diversas regiões da cidade. Atualmente, estão sendo realizadas, simultaneamente, 25 obras de implantação, reforma e ampliação de unidades de saúde municipais, o maior programa de reformas em curso na cidade.

De acordo com o prefeito, a meta é integrar o bairro à cidade.

“O Caramujo é uma das regiões com o menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) da nossa cidade. Por isso estamos investindo em infraestrutura urbana, equipamentos sociais ,como a Unidade municipal de Educação Infantil Zilda Arns, unidades habitacionais de interesse social e, agora, uma nova unidade de saúde. A nova gestão da prefeitura de Niterói tem um olhar holístico e integrado do desenvolvimento da cidade e é fundamental promover a plena inclusão urbana do Caramujo com os investimentos que estamos realizando.” ressalta o prefeito.

"Atualmente, estão sendo realizadas, simultaneamente, 25 obras de implantação, reforma e ampliação de unidades de saúde municipais, o maior programa de reformas em curso na cidade". 


A secretária de saúde do município, Solange Oliveira, reforça que o objetivo do programa é atender a todo o público-alvo da cidade.

“A unidade de saúde do Caramujo tem grande importância na atenção primária da região e entorno, até a Lagoinha, por exemplo, com uma metodologia que estabelece atendimento à comunidade com atuação no domicílio, prestando cuidado em saúde com responsabilidade sanitária. A proposta do Mais Saúde é estender esse conceito à toda a rede e o público-alvo de Niterói, nas comunidades de maior vulnerabilidade social, e atingir 100% de cobertura até o fim de 2016” explica Solange.

Fonte: Prefeitura de Niterói





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.