domingo, 26 de março de 2017

Mangue de Itaipu recebe plantio de 2 mil mudas


Moradores, escoteiros, voluntários e representantes da Prefeitura e do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) estiveram presentes na ação
Foto: Evelen Gouvêa


Raiana Collier

Iniciativa dá continuidade a ações realizadas no local ao longo dos últimos anos

Sociedade civil e o poder público se reuniram, no sábado, para ação de plantio de mudas no mangue de Itaipu, na Região Oceânica de Niterói. O grupo, formado por moradores, representantes do Instituto do Estadual do Ambiente (Inea), do grupo escoteiro Guardadores da Honra e da Prefeitura, plantou 2000 mudas de plantas do tipo Rizophora mangle. A iniciativa dá continuidade a ações realizadas no local ao longo dos últimos anos.

O biólogo marinho Luiz Gonzaga é o grande incentivador do plantio no mangue de Itaipu. Morador da região, há anos ele vem preparando e plantando mudas em uma tentativa de acelerar a preservação do ecossistema. Das mudas plantadas em 2016, 80% conseguiram se firmar.

“Estamos agora fazendo um trabalho de reforço. No ano passado, plantamos cerca de 12 mil. Dessas, 8 mil vingaram, e daqui para frente podem se manter sozinhas”, detalhou.

Chefe do Parque Estadual da Serra da Tiririca, Alexandre Ignácio elogiou a soma de esforços. Para ele, a chegada de órgãos estaduais e municipais dá mais credibilidade à iniciativa.

“O Parque apoia a sociedade civil porque entendemos que essa é a única forma de preservar a área. Sempre que acontece, a gente vê um público diferente”, pontuou.

Gestor do sistema lagunar de Piratininga e Itaipu, Luciano Paez disse que há preocupação com as muitas obras sendo feitas na Região Oceânica.

“Estamos nos empenhando para que a área mantenha esse cenário bucólico e sustentável”, explicou.

Fonte: O Fluminense 



---------------------------------------------------------------


LEIA TAMBÉM:

NITERÓI INTENSIFICA REFLORESTAMENTO: Horto do Fonseca já tem nove mil mudas semeadas
REFLORESTAMENTO: Prefeitura de Niterói e Ecoponte assinam convênio para produção de mudas
NITEROI CONTRA QUEIMADAS: Programa de reflorestamento da Clin contribui para recuperar áreas degradadas por queimadas em Niterói
QUEIMADA É CRIME - Mais um incêndio nas encostas de Niterói (veja nesse texto o risco dos incêndios para as áreas reflorestadas)
NITERÓI CONTRA AS QUEIMADAS: O QUE SE PERDE CADA VEZ QUE O FOGO DESTRÓI AS NOSSAS FLORESTAS?











Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.