segunda-feira, 22 de maio de 2017

TÚNEL CHARITAS-CAFUBÁ: entrevista do secretário de Urbanismo e Mobilidade ao Bom Dia Rio



O secretário municipal de Urbanismo e Mobilidade, o arquiteto e urbanista Renato Barandier, deu uma esclarecedora entrevista ao programa Bom Dia Rio, da Rede Globo.


Acesse o vídeo da entrevista aqui.


Respondendo sobre os problemas do trânsito em Niterói, Barandier esclareceu que o Túnel Charitas-Cafubá tem mostrado excelente funcionalidade no horário de pico da tarde e que o túnel resultou na melhora do trânsito em várias partes da cidade, mas no horário de pico da manhã a dificuldade permanece, apesar da boa performance do túnel e das providências da Prefeitura que conseguiram melhorar o problema do trânsito em 60%.

O motivo é que de manhã há uma excessiva convergência do trânsito, tanto de Niterói como dos municípios vizinhos para a Ponte, o que leva o sistema viário à saturação e as filas se formam pelas ruas da cidade.

Como o secretário enfatizou, a Prefeitura dobrou o número de operadores de trânsito, está instalando novos sinais inteligentes e otimizando as operações de trânsito para melhorar a fluidez nos horários de pico.

Mas, como disse o secretário, "não há como fazer milagres com os automóveis". A solução virá com a conclusão da TransOceânica prevista para o primeiro trimestre de 2018. A TransOceânica trará uma opção de transporte coletivo eficiente e atraente para os usuários, evitando um excesso de deslocamentos com o transporte individual, que pressiona o sistema viário.

Além disso, a Prefeitura está negociando com o governo estadual a redução do preço da tarifa do catamarã de Charitas à Praça XV, estimulando ainda mais o transporte coletivo e reduzindo o fluxo nas regiões mais congestionadas da cidade. A Secretaria Estadual de Transportes já formalizou à Prefeitura a intenção de alcançar um valor tarifário mais adequado para o linha.

Outra providência que está sendo tomada é a implantação de uma malha cicloviária que serve como opção para estimular o uso da bicicleta. Com as ações do Programa Niterói de Bicicleta, o número de usuários de bicicleta tem se multiplicado. Basta ver que nos primeiros 45 dias de funcionamento, o Bicicletário Arariboia, localizado junto à Estação das Barbas, no Centro de Niterói, já contou com 1420 cadastros de usuários.

Além do estudo de outras soluções para a melhoria da mobilidade na cidade (sistemas de mobilidade para a Região Norte e Pendotiba), a Prefeitura está avançando para viabilizar a implantação da primeira linha do VLT de Niterói, que ligará a estação de Charitas ao Centro da cidade.

Enfim, não há uma "bala de prata" para resolver os problemas de trânsito de uma hora para outra. Chegamos à situação atual ao longo de muitas décadas. Hoje, o mundo inteiro busca soluções para resolver os problemas de mobilidade urbana. O importante é que Niterói está seguindo em frente para superar a sua dependência do modelo rodoviarista de mobilidade e aproxima-se a passos largos para a mobilidade sustentável.

Axel Grael


----------------------------------------------------------


ASSISTA AO VÍDEO DA ENTREVISTA DE RENATO BARANDIER.


-----------------------------------------------------------


LEIA TAMBÉM:

TRANSOCEÂNICA: Túnel Charitas-Cafubá aberto para o tráfego de veículos
NITERÓI DE BICICLETA: Mais de mil registros no Bicicletário Arariboia
ACESSE O SITE DA TRANSOCEÂNICA E SAIBA MAIS SOBRE A MAIOR OBRA DE MOBILIDADE DE NITERÓI
VLT - Niterói se prepara para entrar nos trilhos








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.