domingo, 18 de junho de 2017

PARQUES EM NITERÓI: Todos juntos no Horto Florestal do Fonseca



Niteroienses aproveitaram o domingo para ir até o Horto Florestal do Fonseca. Foto: Colaboração/ Ana Paula Soares



Ana Paula Soares

Zona Norte se consagra como dona de um espaço de lazer democrático e ao ar livre

Domingo ensolarado no fim do outono é um convite a sair de casa e ver gente. E gente é o que não falta no Horto Florestal do Fonseca hoje (18). O espaço revitalizado na Zona Norte de Niterói se transformou mesmo em um lugar para todos: família, animais de estimação, esportistas e amantes de caminhada ao ar livre – lá dentro, no fundo mesmo, trilhas pela floresta com árvores nativas da Mata Atlântica possibilitam um passeio arejado, respirando o mais puro ar. O local conta com parcão, pistas de skate, quadra e ainda hospeda regularmente uma feira de artesanato, comidas e bebidas, como uma barraquinha de cerveja artesanal.


Karina, de 25 anos, não abre mão de passear no local com sua cachorrinha Chiclete e o seu namorado Thiago. Foto: Colaboração/ Ana Paula Soares



A médica Jane Amora, de 63 anos, começou a confeccionar bonecas de pano há 4 anos para desestressar e não parou mais. Ela vende por encomenda e, pela primeira vez, montou uma barraquinha para vender seu artesanato no Horto.

"Uma amiga me convidou para participar de uma aula e eu, que não sabia nem costurar, comecei a fazer os projetos de bonecas e tomei gosto. Hoje em dia, complemento minha renda mensal com as vendas. Vim de Itaipu e estou adorando esse lugar, já conheci muitas pessoas legais hoje", conta Jane, que também trabalha na área médica.

Esse ano, o Jardim Botânico de Niterói comemora 111 anos e quem mora no Fonseca a vida toda só tem o que comemorar, como é o caso da engenheira civil Karina Mota Rocha, de 25 anos, que não abre mão de passear no Horto com sua cachorrinha Chiclete, e acompanhada do namorado Thiago Elias, de 24.

"Encontrei a Chiclete na rua há um ano e meio. Tentei achar seu dono por um tempo, mas não conseguimos e resolvi adotar ela. A gente vem pra cá andar todos os domingos. Vinha ainda pequena com meu pai para andar de bicicleta ou patins, depois passei anos sem entrar aqui. Receber esse lugar de volta como opção de lazer me deixa muito feliz", comemora Karina.

O casal morador de Icaraí, Jeane Moreira, de 38 anos, e Gustavo Donato, 39, estavam no Horto do Fonseca para comemorar o aniversário de 60 anos da amiga Ana Maria com um piquenique.


Jeane e Gustavo estavam no espaço com a filha Nicole, de dois anos, para comemorar o aniversário de uma amiga. Foto: Colaboração/ Ana Paula Soares



"É a primeira vez que a gente vem aqui e estamos adorando. É muito bom ter opções de lugares para ir com a Nicole, nossa filha de 2 anos. Ela só conhecia o Campo de São Bento. Muita gente fala do quão perigoso é a Zona Norte, por isso tínhamos receio de vir, mas estamos nos sentindo bem e seguros aqui hoje. Gostaríamos que Niterói todo fosse sempre assim, para as pessoas poderem sair de casa e curtir a cidade", comentou Jeane.

Carvalho e sua esposa Marta Gonçalves, ambos aposentados, foram ao Horto para passar algumas horas do domingo e aproveitaram para comer um pastel, com três recheios por R$ 7.

"Por aqui tem até acarajé. O pastel está uma delícia. Esse espaço passou a fazer parte da minha rotina, mas para quem ainda não conhece, recomendo. Domingo retrasado teve até uma missa campal no palco lá na frente, estava lotado de gente. O Horto do Fonseca se tornou um local que reúne pessoas", destacou Carvalho, de 74 anos.

Fonte: O Fluminense 



------------------------------------------------------------------


LEIA TAMBÉM:

Parques em Niterói


Outras postagens







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.