quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Grael e Kunze ganham título do Campeonato Norte-americano de 49er



Neste final de semana, Martine Grael e Kahena Kunze conquistaram um excelente resultado para a vela brasileira. A dupla foi até os Estados Unidos e sagrou-se campeã do Campeonato Norte-americano de 49er FX. Essa foi a primeira competição internacional de Grael e Kunze em 2013, mas as duas já voltam a velejar em águas estrangeiras no próximo dia 26, quando irão disputar o Miami OCR, segunda etapa da Copa do Mundo de Vela.

"Estamos satisfeitas porque nunca velejamos com vento tão fraco. A raia é bastante rondada e felizmente conseguimos nos acertar", disse Martine, comemorando o resultado.

Já a proeira Kahena Kunze falou sobre as expectativas para a sequência da temporada. "Para a próxima competição esperamos mais vento para sair da loteria e ter um pouco mais de adrenalina. Neste campeonato tivemos que ter muita paciência", frisou.

No domingo, as regatas trouxeram um formato novo, chamado de Theater Style, no qual o percurso é mais curto, com no máximo 15 minutos, em uma raia limitada. Os protestos são julgados dentro d’água e cada colocação tem uma pontuação, ganhando quem somar dez primeiro.

As brasileiras passaram da primeira fase em primeiro. Então, Martine Grael e Kahena Kunze chegaram com cinco pontos perdidos. Depois, conquistando a segunda colocação nas duas regatas finais, as duas somaram seis pontos e asseguraram o título na nova classe.

O evento, realizado em Miami (EUA), trouxe seis duplas da Itália, Espanha e Estados Unidos. Já no próximo torneio, espera-se que oito duplas marquem presença, entre elas a norte-americana Anna Tunnicliffe, considerada uma forte adversária por Martine Grael.

"Acredito que a Anna e a italiana Giulia Conti serão nossas maiores adversárias. Com o vento fraco é difícil falar quem é melhor, mas com um pouco mais de vento vai ser mais difícil para todas", observou.

Nesta terça-feira, a dupla já retomou os treinamentos e a ideia de Martine Grael e Kahena Kunze é velejar o máximo possível até o começo das regatas, mas sem se esforçar demais para não prejudicar seu desempenho na competição.

No masculino, André Fonseca e Francisco Andrade, outra parceria recém-formada, também ganharam o título da 49er no Campeonato Norte-americano.

A 49er é a mais nova classe da vela a integrar o programa olímpico dos Jogos do Rio de Janeiro, em 2016. No final de 2012, Martine e Kahena se juntaram e vêm treinando na baía de Guanabara. No último ciclo olímpico, a filha de Torben Grael velejou ao lado de Isabel Swan, na classe 470, e as duas conquistaram a vaga para o Brasil nos Jogos de Londres.  

Fonte: Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.