sexta-feira, 17 de maio de 2013

Secretaria de Assistência Social de Niterói implementa ações para população em situação de rua


Bira Marques, secretário municipal de Assistência Social e Direitos Humanos.

A Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos realizou nesta quinta-feira (16.5), a segunda reunião do Comitê Gestor de Políticas Públicas para População em Situação de Rua, envolvendo diferentes atores de várias frentes de atuação dentro da Política Pública Municipal.

Muitas ações vêm sendo planejadas em articulação constante com outras secretarias, como a parceria com a COVIG, o Consultório de Rua e o Centro Especializado de População em Situação de Rua para vacinação e testagem de sífilis e HIV, ações em conjunto com a Educação, como o Brasil Alfabetizado, e a formação de uma turma no Centro Pop para alfabetização de adultos, entre outras frentes de ação envolvendo atividades de cultura e aprendizagem profissional. 

O secretário de Assistência Social e Direitos Humanos, Bira Marques, disse que "este encontro é de fundamental importância com vistas a um objetivo maior que é a erradicação da pobreza extrema em Niterói".

Fonte: Prefeitura Municipal de Niterói


Um comentário:

  1. Se não atacar a raiz terá muitas dificuldade,porque a maioria das pessoa que vivem nas rua tem profissão e são letrados, o que eles precisão e que alguém desperte neles a vontade de sair das rua, é sábio que quem sabe extrair um dente é o dentista, mas quem sabe a dor do mesmo é quem esta sentindo,por isto ninguém melhor para tentar na indentificação com o mendigo é quem passou pelo mesmo crivo, esta mas do que comprovado que colocar no ônibus para ir embora não funciona, porque eles soltam no meio do caminho o que deveria ser feito é trabalhar a auto-estima para que e les se sinta importante isto não é dificil e o custo não é tão alto, a lagarta esta no casulo vai sair uma linda borboleta mas na hora certa se forçar ela pode ate sair e abrir as asa mas logo morrera.assim e a recuperação.

    ResponderExcluir

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.