quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

CAFIFA: choque de ordem contra "pipeiros" em Piratininga




Texto: Ruy Machado
Foto: Marcello Almo


A Secretaria de Ordem Pública (Seop) apertou o cerco contra os “pipeiros”, durante ação realizada na noite de ontem, na Praia de Piratininga. O objetivo da operação era combater o uso do cerol em linhas, sua comercialização e o transporte do composto. Além disso, a utilização da linha chilena também está proibida. O resultado foi a apreensão de um carro lotado dessa mercadoria que foi encaminhado ao depósito público, além de 40 carretéis de linha.

De acordo com a Seop, denúncias de moradores motivaram a ação. Segundo as informações repassadas ao órgão, havia a comercialização do cerol na região, além de moradores relatarem a invasão de domicílios no período noturno. O caso ocorria depois que duas pipas tinham suas linhas cruzadas e a que estivesse com cerol cortava a outra. A pipa então caía na casa de moradores e, como consequência eram invadidas por pessoas que corriam para pegar o objeto.

Alan Dias, estudante de jornalismo de Joinville, está de férias na cidade e elogiou a ação da prefeitura. “Na semana passada eu estava passeando com minha familia e uma linha chegou a enroscar em mim. Esse tipo de ação é importante porque a brincadeira pode virar tragédia.

O secretário de Ordem Pública, Marcus Jardim, avaliou a ação.

“É uma ação de ordenamento. Fizemos o decteto e tivemos notícia de desordeiros e motos empinando na região. Estamos promovendo o ordenamento e essas linhas ferem e podem até matar”, disse.

O uso do cerol é proibido e está regulamentado na lei estadual 3278/99 e pelo decreto municipal 11485/13.


Fonte: A Tribuna


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.