sábado, 11 de janeiro de 2014

CICLOPATRULHAS: Frequentadores elogiam o reforço na segurança do Campo de São Bento


Segurança no parque deixa local mais tranquilo, principalmente nas férias. Foto: Lucas Benevides

Patrícia Vivas

Quem costuma frequentar o parque elogia as ações realizadas pela Guarda Municipal em parceria com a Assistência Social que já recolheu moradores de rua na área em Icaraí

Desde que a Secretaria de Ordem Pública (Seop) de Niterói reforçou a patrulha do Campo de São Bento, em Icaraí, pelo menos quatro moradores de rua foram retirados do local com a ajuda do serviço social e de funcionários da Companhia de Limpeza de Niterói (Clin).

Segundo a guarda municipal Leila, que faz a segurança do parque, a parceria tem ajudado a tornar o lugar mais tranquilo.

“O serviço social tem ajudado na retirada dos moradores de rua que insistem em se agregar aqui e a Clin tem ajudado na retirada de coisas que eles trazem para ficar mais acomodados”, afirmou a guarda.

Outro ponto destacado por Leila foi sobre a época de férias.

“É importante aumentar a segurança no local, principalmente, nessa época de férias, em que o Campo de São Bento fica mais cheio. A bicicleta é uma novidade interessante, pois favorece a mobilidade. Às vezes alguém era assaltado em uma entrada e até a gente chegar ao local, o assaltante já tinha fugido e a outra entrada do parque ficava desprotegida. O objetivo é deixar o parque saudável e seguro”.

A falta de segurança no Campo de São Bento é uma reclamação antiga dos moradores da Zona Sul, porque o local é considerado uma área de lazer para família, onde os pais levam crianças para brincarem no parquinho e se distraírem.

Segundo a funcionária pública, Dayse da Cruz, de 52 anos, já dá para perceber a diferença na segurança do local.

“Eu vi gente tirando foto em alguns locais mais afastados e estranhei. Isso não acontecia antes. Eu mesma tinha medo de ficar longe da área onde fica o parquinho, pois sempre tinha gente se drogando ou namorando nos bancos. Agora acho que está melhor, mas o importante é manter a segurança”.

A estudante Andressa Carvalho do Nascimento, de 20, também aprovou o reforço no policiamento.
“Eu tinha amigos que preferiam passar por fora do parque porque achavam mais seguro. O Campo de São Bento deixou de ser um parque familiar e espero que com esse reforço o local volte a ser o que era antes”.

O efetivo conta agora com três ciclopatrulhas, quatro agentes a pé, três policiais militares, do regime Proeis, e o apoio da Secretaria de Assistência Social. A ronda começa às 7h e termina às 20h, uma hora após o fechamento oficial do espaço.

Fonte: O Fluminense


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.