quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Assinada ordem de início para obras do novo Getulinho




Intervenções deverão durar 15 meses. Nova unidade será erguida com investimentos de R$ 14,7 milhões

Foi assinada na manhã desta quinta-feira (07/08) a ordem de início para as obras de construção do novo prédio do hospital Getúlio Vargas Filho, o Getulinho, no Fonseca.

Será construído um novo e moderno hospital, com atendimento de urgência, serviços ambulatoriais, consultas e internações. A unidade oferecerá exames de raio-X e laboratoriais. Terá salas de isolamento, vermelha, de medicação, de nebulização, de curativo e sutura, entre outras instalações.

Os familiares dos pacientes contarão com sala de acolhimento e fraldário. O Centro de Tratamento Intensivo contará com nove leitos. Com investimentos de R$ 14.645.516,62 as intervenções tem prazo de 15 meses para serem concluídas.





O prefeito falou da importância do novo hospital para área de pediatria.

“O Getulinho estava acabando, sem perspectiva, com a emergência fechada. A saúde estava abandonada, sem atendimento. Nós reabrimos a emergência no primeiro dia de governo e hoje são mais de 150 mil crianças atendidas na unidade. Estou orgulhoso, pois essa obra não só vai garantir a recuperação do atendimento para as crianças, mas nosso objetivo é transformar a unidade em referencia de pediatria no Estado do Rio de Janeiro. O projeto do hospital é todo sustentável, terá reutilização de água, eficiência energética, para gastar menos energia, garantindo qualidade na manutenção e funcionamento do Getulinho”, declarou.

Segundo a secretária municipal de saúde, Solange Regina de Oliveira, a unidade irá garantir melhoria na qualidade da saúde.
“Essa conquista é fruto de trabalho, de planejamento, de um esforço coletivo, de todos os setores da prefeitura para que se torne realidade uma mudança substancial da qualidade da saúde. A grande preocupação dessa gestão foi o fechamento de unidades de saúde de grande importância, entre elas, a emergência do Getulinho fechada gerando uma grande perda para nossas crianças, e mais que reabrir a emergência no segundo dia de governo, é trazer essa proposta de construção de uma grande unidade. O projeto inclui atendimento especializado para várias crianças, como atendimento ambulatorial, emergência, atendimento de alta complexidade, com CTI e exames. Uma oportunidade de melhoria na qualidade da saúde, de extrema importância, que nosso prefeito priorizou como a meta número um e um grande compromisso cumprido com a população”, afirmou.

A emergência do Getulinho foi reaberta pela nova administração da Prefeitura de Niterói no dia 2 de janeiro de 2013.


Fonte: Prefeitura de Niterói



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.