quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Prefeitura implantará projeto de acessibilidade na Praia de Icaraí




A Prefeitura de Niterói concluiu nesta sexta-feira (1.8) a licitação para a contratação da empresa que ficará responsável pelas obras do projeto Praia Sem Barreiras. A iniciativa tem como objetivo
promover o direito ao lazer para as pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida nas praias da cidade, oferecendo a esta parcela da população acesso ao mar por meio de rampa, esteira removível e cadeiras anfíbias, com o auxilio de um profissional. 

A empresa Porto Real venceu a concorrência e será responsável pela implantação de toda a estrutura necessária para a acessibilidade ao mar. O projeto piloto será implementado na Praia de Icaraí, com um investimento de R$ 226.029,20. O prazo de execução da obra será de quatro meses após a ordem de início dos serviços.

A secretária de Acessibilidade, Carmen Fogaça, explica que Niterói será a primeira cidade do Estado do Rio de Janeiro a implantar este tipo de projeto por iniciativa do poder público municipal. “Estamos na vanguarda ao implementar o Praia sem Barreiras, que é uma política pública inclusiva por dar a oportunidade das pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida desfrutarem a praia como o restante da população”, afirma.

Carmen Fogaça acrescentou que o objetivo é levar o projeto a outras praias da cidade e que buscará parcerias para a expansão da iniciativa. “Além de atender aos moradores da própria cidade, o projeto também tornará Niterói uma referência, posto que vai oferecer condições de acesso a um espaço tipicamente brasileiro de lazer”, disse.

Lazer e segurança

O Praia sem Barreiras em Icaraí contará com uma rampa de madeira para promover o acesso do calçadão até a areia. Da areia até a água haverá uma esteira, que poderá ser removida no fim do dia, que possui alta durabilidade em ambientes úmidos e à exposição ao sol.

Serão oferecidas cadeiras anfíbias, apropriadas para o banho de mar. Na areia haverá também uma tenda onde ficarão os monitores. As pessoas que trabalharão no projeto passarão por capacitação para estarem aptas a auxiliar as pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida a utilizar o equipamento de forma segura.


Fonte: Prefeitura de Niterói







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.