quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Prefeitura de Niterói e Secretaria Estadual do Ambiente acertam parcerias



Fotos de Lourenço Eduardo Pinto/SEA


A Prefeitura de Niterói e a Secretaria Estadual do Ambiente se reuniram nesta quinta-feira (12/2) para tratar da segunda etapa do licenciamento da TransOceânica, via expressa que ligará Charitas ao Engenho do Mato. A recuperação ambiental do Morro do Céu, com a implantação do Centro de Tratamento de Resíduos (CTA), e a despoluição da Lagoa de Piratininga também estiveram entre os temas do encontro.

O prefeito de Niterói destacou que o secretário licenciado André Corrêa conhece profundamente os desafios e os problemas da cidade, especialmente na área ambiental.

“Hoje fizemos uma reunião de planejamento das ações da nova gestão da Secretaria do Ambiente em Niterói, em parceria com a prefeitura. Acredito que a definição de metas de trabalho por determinação do secretário foi muito importante e reitero o agradecimento à secretaria e sobretudo à parceria do governo do Estado com a prefeitura”, afirmou o prefeito.

André Corrêa anunciou que em março será concluída a segunda e última etapa do processo de licenciamento da TransOceânica. Há 15 a primeira licença de instalação da obra já havia sido publicada.

“Niterói tem exemplos dos principais desafios e experiências que a gente precisa levar para o resto do estado. Hoje conversamos sobre três agendas. Irei em março ao município para finalizar o processo de licenciamento da TransOceânica, que é uma obra fundamental na reorganização da mobilidade da cidade. Outro ponto abordado foi o Morro do Céu, lugar que durante muito tempo ficou degradado tanto do ponto vista ambiental, como do social, e que está sendo recuperado. Vamos otimizar essa questão”, disse o secretário.

Lagoa de Piratininga.


Corrêa também falou sobre as metas relacionadas à Lagoa de Piratininga.

“A questão da lagoa é um desafio que a gente precisa alinhar e avançar junto com a prefeitura. Temos que reconhecer que avançamos muito pouco e queremos aproveitar esse alinhamento dos governos estadual, federal e municipal para termos uma solução definitiva. Combinei com o prefeito de trabalharmos situações de curto e médio prazo e, sobretudo, um projeto executivo para que possamos ter clareza do tamanho do desafio e saber o custo para que a gente possa compor os diversos recursos envolvidos. No caso da lagoa, chegou a hora da gente construir essa solução técnica e financeira e buscar os recursos a partir dessas definições”, explicou.

"Temos recursos no Pró-Sustentável para fazer uma plano de gestão do sistema lagunar e acabar com essas discussões sobre diversos projetos diferentes para o local. E alocar recursos também para trabalhar o entorno da lagoa e implantar o Parque Orla de Piratininga, além do programa Se Liga, que busca conscientizar os moradores a conectar suas casas à rede de esgotos". Axel Grael

Para o vice-prefeito de Niterói e coordenador do Escritório de Gestão de Projetos da prefeitura, Axel Grael, a reunião estabeleceu uma linha de conversa entre município e Secretaria Estadual do Ambiente em torno de soluções de curto e médio prazos para a lagoa.

"Temos recursos no Pró-Sustentável para fazer uma plano de gestão do sistema lagunar e acabar com essas discussões sobre diversos projetos diferentes para o local. E alocar recursos também para trabalhar o entorno da lagoa e implantar o Parque Orla de Piratininga, além do programa Se Liga, que busca conscientizar os moradores a conectar suas casas à rede de esgotos" explicou Axel, informando que após o carnaval algumas ações já deverão estar delineadas.

Nesta quinta-feira, a pedido da prefeitura, o Inea fez uma operação na Lagoa de Piratininga para avaliar as condições do local. Técnicos coletaram amostras da água para análise e mantêm o monitoramento da lagoa. A ação foi acompanhada pelo Administrador Regional da Região Oceânica, Carlos Boechat.

"Na ação verificou-se baixa oxigenação, mas houve uma leve melhora em relação aos últimos dias" revelou Boechat.

Também participaram da reunião a secretária de Urbanismo e Mobilidade, Verena Andreatta; de Conservação e Serviços Públicos, Dayse Monassa; de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade, Daniel Marques; a presidente da Companhia de Limpeza de Niterói (Clin), Cláudia Neves; e o subsecretário de Obras, Lincoln Silveira.

Fonte: Prefeitura de Niterói









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.