quinta-feira, 19 de março de 2015

Visita aos bicicletários da Supervia


A Prefeitura de Niterói, atraves do programa Niterói de Bicicleta, desenvolvido pela Vice-Prefeitura, está desenvelvendo um projeto para a implantação de bicicletários na cidade, como mais uma medida para o estímulo ao uso da bicicleta como uma alternativa de mobilidade sustentável.

Hoje, Isabela Ledo, coordenadora do Programa Niterói de Bicicleta, e eu, estivemos em visita à Supervia - concessionária que administra o sistema de trens urbanos do Rio de Janeiro, para conhecer a experiência da empresa na implantação e gestão dos seus bicicletários. A empresa construiu seis bicicletários, em Japeri, Santa Cruz, Realengo, Bangu, Engenheiro Pedreira e Saracuruna. O maior bicicletários da empresa está dimensionado para receber 1.000 bicicletas.

Os são gratuitos para quem pega o trem e o usuário não perde a integração com o ônibus ou metrô. Os bicicletários SuperVia têm segurança o dia todo, bebedouro, oficina para pequenos reparos e calibrador de pneus.

Pegamos na Central do Brasil, o trem do Ramal Santa Cruz, e fomos até Bangu, onde conhecemos o Bicicletário daquela estação. Dimensionado para receber 450 bicicletas, estava quase que lotado, mostrando que a demanda é grande e que o investimento é necessário.

Agradecemos a Bernardo Ribeiro de Carvalho - subsecretário da Secretaria Estadual de Transportes, Mauro Soares Tavares - coordenador do Programa Rio Estado da Bicicleta, Júlio Marques - diretor comercial da Supervia, pela atenção de terem nos acompanhado na visita.

Axel Grael
Vice-Prefeito


---------------------------------------------


No trem da Supervia, a caminho de Bangu.

Bicicletário de Bangu, com capacidade para 400 bicicletas.

Conhecendo o sistema de cadastramento e controle de entrada e saída de bicicletas.

Isabela Ledo e Axel Grael.

Da esquerda para a direita, Júlio Marques (diretor comercial da Supervia), Isabela Ledo (ccordenadora do Niterói de Bicicleta), Axel Grael (vice-prefeito de Niterói), Mauro Tavares (coordenador do programa Rio-Estado da Bicicleta) e Bernardo Ribeiro de Carvalho (subsecretário da Secretaria Estadual de Transportes).

                  








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.