quarta-feira, 22 de julho de 2015

Comunidade da Igrejinha, no Caramujo, receberá urbanização, áreas de lazer, nova creche e unidades habitacionais




Obra integra convênio da Prefeitura com o BID. Município assinou contrato para elaboração do projeto executivo
21/07/2015 - A Prefeitura de Niterói assinou na tarde desta terça-feira (21/7) o contrato para a elaboração do projeto executivo para obras de urbanização na comunidade da Igrejinha, no Caramujo, na Zona Norte da cidade. Essas intervenções integram um dos quatro componentes do Programa de Desenvolvimento e Inclusão Social (PRODUIS), financiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Segundo o prefeito, o projeto executivo deverá ficar pronto ainda este ano com as obras começando no primeiro trimestre de 2016. O prazo de conclusão é de 18 meses. Nesta comunidade, estão previstas a requalificação de vias e calçadas e dos acessos ao local, melhorias na iluminação pública, construção de creche, unidades habitacionais e áreas de lazer para crianças e pessoas da terceira idade.

O chefe do Executivo municipal anunciou para o mês de agosto a conclusão do projeto executivo para as obras na comunidade do São José, no Fonseca, também na Zona Norte. As intervenções deverão começar ainda este ano, com prazo de conclusão de até 24 meses. Na localidade, além de obras de contenção de encostas, haverá requalificação de vias, construção de creche, unidades habitacionais e também áreas de lazer.

O prefeito destacou a importância dos investimentos.

"Nós herdamos a Prefeitura com dívidas e inadimplente, sem conseguir sequer captar recursos com o governo estadual. Com a melhoria e a modernização da gestão que promovemos, além da reorganização das contas públicas, tiramos a Prefeitura do CAUC (Cadastro Único de Convênios) e conseguimos viabilizar a captação de recursos dos governos estadual e federal e de organismos internacionais. Somados, eles representam investimentos que Niterói não teve nos últimos 20 anos. Neste projeto com o BID, priorizamos as comunidades que sofreram com a tragédia das chuvas de 2010 e a implantação de um Centro de Controle Operacional da NitTrans para melhorar o sistema semafórico da cidade e o controle e a gestão do trânsito na cidade. Infraestrutura para as comunidades que sofreram com a tragédia significa uma Niterói mais resiliente e o Centro de Controle Operacional, junto com outras intervenções, significa melhorar a fluidez do trânsito e a circulação de pessoas pela cidade", destacou.

O PRODUIS prevê um total de investimentos de US$ 44,1 milhões, dos quais US$ 26,4 milhões do banco e uma contrapartida de US$ 17,6 milhões da Prefeitura. Além do Centro de Controle Operacional da NitTrans, das obras em comunidades, faz parte também do convênio a revitalização do Parque das Águas, no centro.
Fonte: Prefeitura de Niterói



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael. Obrigado.