domingo, 14 de maio de 2017

NOVA GERAÇÃO: Jovens do Sailing dão show e vencem a Commodore’s Cup






Após 15 anos sem ser realizado, o São Paulo Yacht Club (SPYC) tomou a iniciativa de desafiar o Sailing para mais uma edição desta tradicional regata, que data desde 1937. A Commodore’s Cup é uma regata de equipes entre os dois clubes aonde o mais importante é a equipe como um todo ter melhor desempenho na regata e não necessariamente ficar na primeira colocação.

A edição deste ano foi disputada em São Paulo no fim de semana passado em barcos da classe Lightning, com 3 barcos para cada equipe e com previsão de realização de 7 regatas.

Desafio aceito, o Sailing convocou nossos jovens talentos para disputarem esta a Commodore’s Cup pela primeira vez. Além deste desafio, somava-se o fato que nenhum havia velejado de Lightning na vida, e muitos sequer haviam visto um de perto. Como contrapartida, apesar de serem jovens, já contam um currículo invejável na vela e possuem grande experiência em regatas de equipe, vindos da classe Optimist.

Os velejadores foram Caio Swan, Nick Grael, Lucas Mesquita, Caio Bailly, Douglas Gomm, Matheus Franco, Phill Kemp, Pedro Gouvea e Clininho Freitas. O Comodoro Colin Gomm e Franklin completaram a delegação.

A competição começou no sábado com ventos variando muito de intensidade, de 2 a 10 nós, porém sem muita variação de direção, o que ajudou a CR a montar uma raia bem técnica, proporcionando excelentes disputas na raia. Os jovens do Sailing deram uma aula de como se deve velejar em equipe, criando várias situações que resultaram em penalidades à equipe do SPYC e anularam o principal talento da equipe adversária, o tri campeão mundial júnior da classe, Tommy Summer.

Na primeira regata, o SPYC teve um barco na primeira colocação, mas o Sailing conseguiu posicionar os 3 barcos nas colocações seguintes, abrindo o evento com 1 x 0 a nosso favor. Dai em diante, os meninos pegaram o jeito do Lightning e ficaram sempre nas primeiras colocações em todas as outras regatas do dia, consolidando a conquista da Commodore’s Cup 2017, com 4 vitórias seguidas já no primeiro dia. Não houve necessidade de disputa das regatas previstas para o domingo.

Vale ressaltar a excelente receptividade do pessoal do SPYC. A organização coordenada pelo John Bennet e Nelson Schmidt estava impecável. O Sailing fez o desafio para a realização do evento em 2018 em Niterói.

Desde já cabe a nós realizarmos um evento à altura do que tivemos em São Paulo.

Bons ventos!

Fonte: Rio Yacht Club (Sailing)










Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.