domingo, 6 de agosto de 2017

CISP - NITERÓI: serviço 153 cresce 82,7%



Incorporação do 153 ao Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp) foi feita em janeiro de 2016. De lá para cá, foram 14.876 ligações até o dia 31 de julho. Foto: Julio Silva/Arquivo.



Ligações referentes a questões sobre trânsito e ordem pública lideram o ranking de chamadas para o Cisp.

O serviço de chamadas 153 registrou aumento de 82,7% no número de atendimentos. De janeiro a julho de 2017 foram 6.257, enquanto em 2016 o número foi 3.424 no mesmo período. Desde a incorporação do 153 ao Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp), em janeiro de 2016, foram 14.876 ligações até o dia 31 de julho.

As chamadas que registram maior demanda são referentes às questões que envolvem trânsito (32,4%), ordem pública (11,9%), situações ligadas ao meio ambiente (10,1%) e socorro médico (9,7%). De janeiro a julho deste ano, o serviço recebeu 2.547 ligações relativas a trânsito. Em 2016 foram 1.030 no mesmo período, o que representa um aumento de 147,2%.


"Estatísticas de chamadas: trânsito (32,4%), ordem pública (11,9%), situações ligadas ao meio ambiente (10,1%) e socorro médico (9,7%). De janeiro a julho deste ano, o serviço recebeu 2.547 ligações relativas a trânsito. Em 2016 foram 1.030 no mesmo período, oque representa um aumento de 147,2%".


Segunda colocada no ranking de chamadas, questões ligadas à ordem pública e guarda municipal tiveram 383 ligações em 2016 passando para 879 em 2017. Já as ligações com demandas de questões ambientais representaram 339 ligações em 2016 passando para 692 em 2017, e para socorro médico foram 344 ligações no ano passado e 637 nos primeiros seis meses de 2017.

De acordo com o secretário municipal de Ordem Pública, Gilson Chagas, antes da implantação do 153 essas demandas eram atendidas através do número de telefone da Guarda Civil Municipal.

“O 153 é um serviço de chamadas de urgência da prefeitura de Niterói a serviço da população. Desde a criação do Cisp, o número de atendimentos cresce a cada mês. É um serviço dinâmico que, graças à integração do Cisp aos órgãos municipais e estaduais, consegue, com rapidez, atender uma grande variedade de demandas da população”, explica Chagas.

Os atendimentos do 153 são divididos por categorias: ambiental; concessionária; conservação; criminal; defesa civil; desaparecido; engano; fiscalização de posturas; iluminação pública; incêndio; informações; ordem pública/guarda municipal; pessoa suspeita; socorro médico; trânsito; trote; zoonoses e outros.

Fonte: O Fluminense









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.